"Os problemas da mente não podem ser solucionados no nível da mente"                                             Eckhart Tolle

Somática do Som é uma prática terapêutica que se utiliza da sensopercepção e dos estímulos sonoros, vibroacústicos e musicais para a regulação somática e reorganização psicoemocional.  

 

Possibilita a liberação de bloqueios corporais, manifestação das emoções, elaboração de conteúdos inconscientes, acesso aos registros do campo morfogenético e expansão de consciência.

 

Indicada no tratamento de sintomas psicossomáticos, na resolução de desordens sistêmicas, no fortalecimento de estruturas saudáveis do organismo e no aprofundamento do processo de autoconhecimento.

Caracteriza-se como uma prática musicoterapêutica receptiva somático-sonora que vem sendo desenvolvida pela musicoterapeuta Susan Mara Lacerda Gumes a partir de experiências em grupos de aprendizado e vivências terapêuticas sonoras. É um método de caráter integrativo e sistêmico cujos principais objetivos terapêuticos coincidem com os das experiências receptivas, definidos por Bruscia[1]: promover a receptividade; evocar respostas corporais específicas; estimular ou relaxar; evocar estados e experiências emocionais; explorar idéias e pensamentos; facilitar a memória, reminiscências e regressões; evocar fantasias e imaginação; e estimular experiências espirituais, entre outros.

 

Consiste em abrir um Campo de Ressonâncias sonoro-energético aonde o pessoa que passará pelo processo terapêutico (Ressonado) recebe estímulos sonoros produzidos pelos Ressonadores (pessoas que acompanham e participam do processo), fazendo imergir registros armazenados no sistema através da percepção profunda do corpo e das sensações (focalização).

O objetivo, pois, é produzir um campo de exploração sonoro-somático e de ressonâncias sonoro-vibracionais, permitindo a liberação de energias bloqueadas, a manifestação de conteúdos simbólicos conscientes e inconscientes, o tratamento de desordens instaladas e o fortalecimento das estruturas saudáveis do Ser.

 

A Somática do Som trabalha, também, com estados ampliados de consciência através da imersão em harmônicos sonoros (overtones) potencializados e do arrastamento de ondas cerebrais. Estes estados podem ser comparados aos de meditação profunda no qual o cérebro funciona em estado de relaxamento consciente (ondas gama) permitindo ao indivíduo acessar registros de sua sabedoria mais profunda e essencial.

 

[1] Bruscia, Kenneth. Definindo Musicoterapia. Enelivros, 2000.

© 2018 Criado por Susan Gumes. Todos os direitos reservados ao Núcleo Sons de Cura®